23 Mar

Uma decisão há quatro dias do pleito que definiria o pré-candidato do MDB ao governo do Rio Grande do Sul deve abrir ainda mais o caminho da candidatura de Gabriel Souza ao Piratini. Isso porque o deputado federal, Alceu Moreira, divulgou uma carta nesta quarta-feira, 23, informando sobre a sua desistência do pleito interno. 

Conforme Moreira, recentes acontecimentos dentro do partido foram o estopim para sua decisão. Segundo ele, houve "falta de palavra e lealdade de quem menos podia se esperar". No documento, o deputado federal não cita nomes, mas faz referência ao bloco de correligionários que apoiam a candidatura do deputado estadual, Gabriel Souza. 

Até então, Moreira e Souza fizeram dobradinhas em eleições anteriores. Segundo o parlamentar, durante a preparação para as prévias, teriam ocorrido  interferências do próprio governador do RS, Eduardo Leite, na escolha do candidato. "A máquina governista entrou em campo e interferências externas influenciaram numa disputa interna que não é de um partido qualquer, mas do maior do Rio Grande", diz trecho do comunicado de Moreira.

Moreira faz essas indicações, já que Leite, por inúmeras vezes, demonstrou apoio à candidatura de Souza.

Na semana passada, um grupo de integrantes do MDB, chamados também de "Velha Guarda", iniciou uma movimentação para tentar barrar, mais uma vez, a realização das prévias do partido. O documento foi assinado por nomes como os do ex-senador Pedro Simon, o ex-governador Germano Rigotto, o ex-prefeito José Fogaça, o prefeito Sebastião Melo, o secretário de Planejamento de Porto Alegre, Cezar Schirmer, e outras lideranças emedebistas.

A intenção desse grupo não é nem apoiar Souza, mas sim, indicar o nome de Cézar Schirmer, ex-deputado e prefeito de Santa Maria na época do incêndio da boate Kiss.

Com a decisão de Moreira, o deputado deverá buscar a reeleição para o quarto mandato. "Vou seguir rodando nosso torrão, ouvindo as bases que me forjaram e representando o MDB e o Rio Grande em Brasília, o que muito me orgulha. Continuo deixando meu nome à disposição desde que para ser solução das causas mais nobres do meu partido e do meu Estado", disse.

Foto:


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.