12 Mar

A vacina da AstraZeneca já tinha autorização para uso emergencial no Brasil, assim como a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro definitivo da vacina de Oxford/AstraZeneca. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 12, após 42 dias de avaliações. Esta é a segunda vacina com o registro final no Brasil.  O registro permite a vacinação em massa e a comercialização do imunizante com o setor privado. 

A vacina da AstraZeneca já tinha autorização para uso emergencial no Brasil, assim como a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan.  

O primeiro registro definitivo foi dado para a vacina da Pfizer, em 23 de fevereiro, mas ela não tem acordo com o governo ou distribuição no Brasil. 


Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil  

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.