25 May

Uma ação solidária feita por amigos de Jesse Koz, de 29 anos, e seu cão, Shurastey, mortos em um grave acidente de trânsito nos Estados Unidos na segunda-feira, 23, conseguiu angariar recursos suficientes para trazer os corpos ao Brasil. 

De acordo com as informações, uma "vaquinha" foi realizada na internet, com a meta de arrecadar cerca de R$ 120 mil para todos os trâmites legais e burocráticos. Em poucas horas, o valor havia sido arrecadado pela campanha. 

Agora, o processo deve seguir até a liberação dos corpos e translado ao Brasil. Em uma rede social, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, afirmou que fez contato com o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, solicitando apoio do Itamaraty para o translado dos corpos. 

Segundo a assessoria do político, o ministro pediu o contato da família em Santa Catarina.  

Relembre o caso

Conforme relatos de Roana Petri Celeste, viajante que seguia com a dupla durante a viagem em outro veículo, Koz não teria conseguido frear a tempo quando um carro parou na rodovia para fazer a conversão à esquerda. "Perdeu o controle do fusca e bateu de frente com o carro que vinha no outro lado"".  

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.