12 May

Depois de ter sido cancelado por três anos seguidos, o maior evento do município de Muçum volta a ser realizado de maneira presencial. A Semana Farroupilha já tem data marcada: de 9 a 20 de setembro, os tradicionalistas vão estar acampados na área central da cidade, no já conhecido acampamento crioulo.

Com aproximadamente 120 barracas, a Semana Farroupilha de Muçum deverá contar com shows, oficinas, espetáculos teatrais e de dança. As programações serão desenvolvidas nas duas ruas cobertas localizadas na praça da Matriz. 

Desde 2019, a festividade não é mais realizada em Muçum. Naquele ano, a administração municipal havia cancelado o evento, em razão da falta de dinheiro para bancar as atrações e a manutenção da festa. Já em 2020 e 2021, a pandemia de covid-19 provocou a suspensão das atividades.

De acordo com o coordenador de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Ivan Rodrigues, a Semana Farroupilha de Muçum é uma das grandes atrações tradicionalistas do Estado. Ele considera o evento como um dos grandes produtos culturais e turísticos do município e Região. “Buscamos uma realização a altura do histórico da Semana Farroupilha de Muçum, com uma programação consistente. Serão 12 dias de festa, para comemorar nossa tradição e costumes”, diz. 

Os próximos passos, segundo a prefeitura, deverão ser focados na busca de empresas patrocinadoras, caso o projeto, que já está em análise no Conselho Estadual de Cultura, seja autorizado a captar recursos através da Lei de Incentivo à Cultura (LIC). 

Alguns shows já estão previamente fechados. No entanto, a organização, que além da prefeitura é composta pelo CTG Sentinela da Tradição, Emater/RS Ascar e CDL, guarda tudo em segredo para surpreender o público amante da cultura gaúcha.

Foto: Luis Gustavo Betinelli


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.