14 Oct

A atualização semanal da situação do novo coronavírus, divulgada na quarta-feira, 13, pelo Grupo de Trabalho do Gabinete de Crise do Governo do Estado mostra redução no número de novos casos, mortes e internações hospitalares em decorrência da covid-19 na macrorregião de Lajeado. Os números voltaram a cair após uma semana de instabilidade, principalmente nas mortes e novos casos. As informações mostram que apenas a região de Capão da Canoa recebeu um novo aviso, após mais uma semana de elevação em seus indicadores. As demais 20 regiões seguem sem Avisos ou Alertas do sistema 3As de monitoramento. 

Na região, os últimos sete dias apresentaram redução de 24,5% no número de novos casos, ou seja, foram apenas 157 registros em uma semana. No Rio Grande do Sul também houve diminuição de 34,4%, com a confirmação de 6.191 novos registros. 

Outro indicador que apresentou relevante queda foi o número de mortes que caiu 66,7%. Em uma semana, a região contabilizou dois óbitos. No Estado, o indicador mostra menor redução, 37,3%, com 94 mortes contabilizadas no período de sete dias. 

Com o avanço da vacinação, o número de pacientes internados em decorrência de complicações da covid-19 também caiu no Vale. Em uma semana, 10 pessoas precisaram de atendimento, o que representa redução de 54,5% no comparativo anterior. No Rio Grande do Sul, a queda chega a 19,5%. 

Atualmente, dos 65 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) existentes na região, 28 estão ocupados, representando 43,1% de ocupação. 

Desde o início da pandemia, 48.304 pessoas já foram contaminadas com a covid-19. Desse total, 870 não resistiram às complicações da doença. 

Nesta última atualização, 76,1% da população regional já recebeu, ao menos, uma dose da vacina contra a covid-19.

No total, 53,5% estão com o esquema vacinal completo, ou seja, de cada 10 pessoas, cinco estão totalmente imunizadas. O Vale do Taquari ocupa a 13ª de 21 posições no ranking das regiões que mais vacinaram até o momento, ficando a frente macrorregiões de Uruguaiana, Guaíba, Canoas, Caxias do Sul, Pelotas, Novo Hamburgo, Bagé e Taquara.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.