18 May

O alarme para a chegada de uma tempestade subtropical Yakekan, que acabou causando pânico e esvaziando grandes centros, não se concretizou durante a terça-feira, 17. Foram poucos registros de estragos provocados pelo fenômeno natural. De acordo com a meteorologia, nesta quarta-feira, 18, há possibilidade de ventos fortes, porém, mais localizados no Litoral Norte do Estado.

Entre os estragos provocados, na maioria dos registros, está a falta de energia elétrica e queda de árvores. Até o momento, mais de 226 mil clientes foram afetados. 

O pânico provocado pelos institutos de meteorologia, que não souberam informar precisamente o que poderia ocorrer ao longo da tarde e noite de ontem, além da madrugada de hoje, levou ao fechamento de lojas, cancelamento de eventos, suspensão de aulas e serviços públicos. 

Apesar do forte vento em alguns municípios, como foi o caso de Porto Alegre, onde sete árvores caíram, os estragos foram mínimos, perto do terror provocado e espalhado nas redes sociais e grupos de mensagens.

Para esta quarta-feira, 18, o fenômeno deve perder força e se afastar do território gaúcho. No entanto, as temperaturas deverão seguir baixas para esta época do ano. Em Cambará do Sul, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) os termômetros marcaram 1,7°C na madrugada de hoje.

No Vale do Taquari, a tempestade não provocou nenhum problema. Fora da área de risco, a orientação era para que pessoas não saíssem de casa.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.