09 Sep

Um criminoso foi morto durante confronto com a Brigada Militar no interior de São Valentim do Sul na noite de quarta-feira, 8 de setembro. O fato ocorreu após o indivíduo assaltar uma residência no Distrito de Santa Bárbara. De acordo com as informações, ele foi alvejado com um disparo de arma de fogo que acabou atingindo o peito. Outro comparsa que participou do assalto acabou sendo rendido e preso pelos policiais.

De acordo com as informações, antes do confronto, a dupla teria invadido uma residência e rendido duas idosas de 70 e 100 anos, sendo furtados diversos objetos das vítimas. Após o crime, a dupla empreendeu fuga. No entanto, vizinhos perceberam a movimentação estranha e acionaram a Brigada Militar que imediatamente se deslocou até o endereço. Durante a fuga, na ERS-431, os criminosos foram surpreendidos pela BM, no momento em que se escondiam em uma valeta às margens da via.

Houve troca de tiros e um deles, identificado como Robson Ricardo Barbosa Avila, de 34 anos, acabou sendo atingido. Ele chegou a ser socorrido com vida, mas acabou morrendo no Hospital São Roque, em Dois Lajeados. Segundo a polícia, o criminoso era natural de Santa Maria e tinha antecedentes por tráfico de drogas, lesão corporal, ameaça, roubos, entre outras. O comparsa, um jovem de 22 anos, acabou sendo rendido e preso.

De acordo com a Brigada Militar, a dupla teria vindo de outra região para eliminar um homem, integrante de uma facção criminosa que comanda o tráfico em Bento Gonçalves. Este homem estaria residindo na cidade de Santa Tereza. 

Durante o trabalho das forças policiais foram apreendidas: uma pistola calibre 32 com seis munições, um revólver 38 com quatro munições deflagradas, um revólver 38 com seis munições intactas, quatro celulares e um relógio.

O criminoso, preso pelos policiais, foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, para o registro da ocorrência. Posteriormente foi encaminhado para a Penitenciária Estadual de Caxias do Sul (Presídio do Apanhador) onde ficará à disposição da Justiça. 

Foto: Divulgação

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.