04 Aug

A partir desta quarta-feira, 4 de agosto, motoristas de caminhão irão pagar mais em pelo menos 12 praças de pedágios instaladas no Rio Grande do Sul. O reajuste foi autorizado pelo governador Eduardo Leite, após um e seis meses de análises da proposta. No total, o Estado tem 14 polos pedagiados. As mudanças deveriam ter ocorrido em abril do ano passado, porém, em decorrência do avanço da pandemia de covid-19, a decisão foi adiada. Para os caminhões, os valores sofrerão aumento que varia de 51% a 439%, dependendo da quantidade de eixos e a localização dos pedágios.

Na região, as praças de Gramado e São Francisco de Paula vão ser as que sofrerão maiores reajustes: sairão dos R$ 7,90, podendo chegar a R$ 42,60, dependendo da quantidade de eixos. As demais praças de Portão, Campo Bom, Coxilha, Encantado, Flores da Cunha, Santo Antônio da Patrulha, Viamão, Cruzeiro do Sul e Boa Vista do Sul também sofrerão aumento, porém, em menor índice. Apenas as praças de Venâncio Aires e Candelária não sofrerão alteração nas cobranças.

Para os motoristas de automóveis, a notícia é boa. Em pelo menos oito polos, os carros pagarão 10% a menos a partir desta quarta-feira: Três Coroas, Gramado, São Francisco de Paula, Flores da Cunha, Santo Antônio da Patrulha, Viamão, Cruzeiro do Sul e Boa Vista do Sul.

Segundo o governo do RS, o aumento apenas para caminhões segue o mesmo critério adotado nas rodovias federais, que leva em consideração a quantidade de eixo dos veículos. Conforme a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), responsável pelos pedágios nas rodovias estaduais, 80% dos veículos que passam nestas rodovias são carros. 

Foto: EGR / Divulgação

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.