23 Aug
Casos de varíola dos macacos passam de 60 no RS; primeiras doses de vacina devem chegar em setembro ao Brasil

O número de casos confirmados de varíola dos macacos passou de 60 no Rio Grande do Sul, conforme informou a Secretaria Estadual da Saúde (SES), com aa atualização de mais quatro novos registros nos últimos dias. Até o momento, 253 registros permanecem considerados suspeitos e aguardam resultado. 

Desde o início dos contágios, 21 cidades gaúchas já tiveram confirmação da presença da doença. Porto Alegre lidera o número de infectados, que chegam a 24. No Vale do Taquari nenhum registro foi confirmado até o momento. 

Conforme o Ministério da Saúde, a previsão é de que em setembro cheguem os primeiros lotes de vacinas contra a doença. A informação foi divulgada na segunda-feira, 22, durante lançamento da campanha de conscientização para a doença. 

Segundo a pasta, as vacinas serão disponibilizadas ao Brasil em três lotes, destinados a um público específico a ser imunizado. A expectativa é finalizar as tratativas para aquisição de 50 mil unidades via fundo rotatório da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

As doses serão destinadas aos profissionais da saúde que tenham contato direto com pacientes infectados. Ao todo, 25 mil pessoas serão imunizadas, considerando que são necessárias as aplicações de duas doses a fim de completar o ciclo vacinal.  

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.