18 Feb

Após ser adiada em 2021, em decorrência da pandemia de coronavírus, a 33ª edição da Festa Nacional da Uva de Caxias do Sul começou na sexta-feira, 18. Durante três semanas, a população local e visitantes de outras regiões do Rio Grande do Sul e de fora dele poderão celebrar os 90 anos das festividades e rememorar os feitos da imigração italiana na Serra Gaúcha. 

Com uma programação diversificada, a cerimônia oficial de abertura ocorre hoje a tarde e deve contar com a presença do vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, que representou o presidente Jair Bolsonaro. 

No total, o evento vai contar com 250 expositores. Desse total, 40 são voltados à gastronomia, outros 40 à agricultura familiar e 80 para o espaço multissetorial. Pelo menos 23 municípios da região também vão estar presentes no evento na chamada “Praça das Cidades”. 

O tradicional espaço onde ocorre a exposição das uvas também foi mantido. Ali também é possível do visitante encontrar a área destinada às vinícolas e cervejarias. 

Conforme os organizadores dos festejos, o parque onde ocorre a festa irá funcionar de segunda a quinta-feira, das 11h às 22h, e nas sextas, sábados, domingos e feriados, das 10h às 22h. A entrada custa R$ 20 e R$ 10 (meia). Crianças até 12 anos e pessoas com deficiência não pagam.

Comprovante vacinal

Em decorrência dos altos índices de contágio provocados pela pandemia de coronavírus, a organização da festa decidiu pela obrigatoriedade do passaporte vacinal, também conhecido como comprovante de vacinação para acesso aos pavilhões e também às arquibancadas instaladas na rua Sinimbu, na área central da cidade, para assistir aos desfiles. 

A medida é baseada no decreto estadual que obriga municípios com índice de cobertura vacinal de adulto inferior a 90% a exigirem o documento. 

Quem estiver sem o esquema completo, só poderá acessar mediante teste negativo feito no máximo 48 horas antes, sendo aceitos os exames de RT-PCR ou de antígeno. Entre outras medidas de prevenção, a utilização de máscara será obrigatória.

Programação do final de semana

Além dos tradicionais desfiles cênicos, a Festa Nacional da Uva vai contar com apresentações de corais, grupos de cantoria italiana, de danças folclóricas e atividades itinerantes. Os shows nacionais completam as atrações que, nesta edição, devem abranger grande parte dos estilos musicais em evidência, como é o caso do show do pagodeiro Dilsinho, que ocorre hoje e que deve atrair milhares de pessoas. Neste sábado, 19, a expectativa é pelo show da dupla sertaneja, Jorge e Mateus. 

Nando Reis sobe ao palco no dia 25. Em Março, será a vez do DJ Alok (dia 4/03), Israel & Rodolffo e DJ Guuga (dia 5/03). 

Foto: Luiz Chaves

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.