23 Aug

Os 10 finalistas da 18ª edição do Festival da Mentira de Nova Bréscia foram conhecidos no sábado, após seleção realizada pela comissão julgadora formada por cinco pessoas. Depois de seis anos sem ser realizado, a edição de 2021 deve ocorrer de forma virtual, no sábado, 28. Entre os quesitos avaliados estão a originalidade, conteúdo, criatividade, interpretação e tempo de apresentação.

Para os finalistas, os prêmios variam de R$ 300 (10º colocado) a R$ 5 mil (1º lugar).

Finalistas

  • Claudete Angeli de Souza – “As mentiras de Tonho”
  • Gentil da Costa (Pirilampo) – “Genética”
  • Ildo José Paris – “O Minhocão do Nono”
  • Isabella Alves Laste – “Missão à Marte”
  • José Calvi – “Meu Cachorro Alquimista”
  • José Rafael Benício – “Peixes Diabéticos”
  • Lwiggi Sartori Dall Orsoletta – “A cobra Gigante”
  • Robert Delazeri – “Il Porchetto del Nonno Giacinto”
  • Sérgio Eliseu Lorenzon – “O retorno do Churrasqueiro”
  • Tiago Segabinazzi – “O Peso da Mentira”

Comissão julgadora

  • Celto Dalla Vecchia (Presidente)
  • Ângelo Mezacasa (Secretário)
  • Andréia Spessatto de Maman (secretária de Educação de Nova Bréscia)
  • Kári Forneck (Professora da Univates)
  • Maristela Juchum (Professora da Univates)

Foto: Divulgação


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.