10 Sep

As primeiras 30 doses da Pfizer, que serão utilizadas para dar início a aplicação da chamada dose de reforço em idosos acima de 70 anos, vacinados com a segunda aplicação há mais de seis meses e imunossuprimidos imunizados em até 28 dias, devem chegar em Muçum nos próximos dias. A remessa está sendo distribuída pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) nesta sexta-feira, 10. A ordem é que a aplicação inicie no dia 15 de setembro, conforme informou o Ministério da Saúde. Segundo a SES, os primeiros idosos a receberem a terceira aplicação são moradores de Instituições de Longa Permanência (ILPs).

A escolha por este grupo para ser prioritária no recebimento da terceira dose foi definida pela equipe de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde. Segundo a chefe da divisão, Tani Ranieri, estas pessoas são consideradas de alta vulnerabilidade, caso sejam infectadas pela covid-19. “Os idosos em lares foram o público escolhido para ser priorizado agora por ser o mais vulnerável às consequências da doença e por morarem em um local de mais fácil disseminação do vírus”, explica.

Além das doses para este grupo, o município recebeu outras 94 doses, divididas entre CoronaVac e Pfizer, que deverão ser utilizadas na imunização de pessoas acima de 18 anos que ainda não foram vacinadas e também para aqueles que aguardam a aplicação da segunda dose.

Conforme os dados repassados pela SES, Muçum vai receber 40 doses da CoronaVac e 18 da Pfizer para aplicação da primeira dose e 36 unidades da Pfizer para quem precisa completar o esquema vacinal (segunda vacina).

Doses pela região

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.