29 Jul

Ao contrário da tendência de queda mostradas nas médias gerais do estado, Vale do Taquari apresentou elevação no número de casos e óbitos, na comparação com a semana anterior

As 21 regiões covid-19 do Rio Grande do Sul não receberam novos alertas e avisos através do sistema 3As. A decisão vem após registro de redução das internações em leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e clínicos e também pelo avanço da vacinação. A reunião foi realizada na tarde de quarta-feira, 28, com integrantes do chamado Grupo de Trabalho da Secretaria Estadual da Saúde (SES) e do Gabinete de Crise. Apesar de indicadores melhores que os registrados na semana anterior, a orientação é de que os cuidados sejam mantidos e que não haja relaxamento por parte da população, já que o contágio só deverá apresentar queda, a partir do momento em que cerca de 70% da população estiver completamente imunizada com as duas doses ou a vacina de aplicação única.

Outro fator que deve ser levado em conta também e foi apontado pelas autoridades em saúde é a disseminação da variante Delta, considerada de maior incidência para o contágio e que vem aumentando em todo o Brasil.

No Vale do Taquari, casos e mortes voltam a subir na última semana

Conforme o boletim semanal divulgado pela SES, na macrorregião de Lajeado, desde o início da pandemia foram registrados 46.367 casos e 820 óbitos. Atualmente, a taxa de ocupação de leitos de UTI da região está em 74,5%. Pelo menos 26,1% da população da macrorregião já está com o esquema vacinal completo, ficando em 14º lugar no índice de imunização, composto pelas 21 regiões covid-19.

De acordo com as informações, ao contrário da tendência de queda mostradas nas médias gerais do estado, a região do Vale do Taquari apresentou elevação no número de casos de 93,5%, na comparação com a semana anterior. Óbitos também apresentaram elevação de 250%.

Durante o encontro, o Governo autorizou a reabertura do Auditório Araújo Vianna, em Porto Alegre, além da realização da Feira do Mel, Rosca e Nata, em Ivoti, com o cumprimento de todos os protocolos sanitários. Além disso, a possibilidade de retomada dos eventos em Porto Alegre também deverá ser avaliada após os resultados de evento-teste realizado no final de semana na Capital. A previsão é de que a análise dos dados seja concluída nos próximos dias. 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.