20 Jan

O religioso luta contra um tumor na região cerebral e, agora, inicia a realização de 30 sessões de radioterapia, com previsão de duração de cinco a seis semanas 

O arcebispo de Cascavel, Dom Adelar Baruffi, que é natural de Coronel Pilar, retornou na segunda-feira, 17, à Curitiba, para dar continuidade ao seu tratamento de saúde. O religioso luta contra um tumor na região cerebral e, agora, inicia a realização de 30 sessões de radioterapia, com previsão de duração de cinco a seis semanas. 

De acordo com nota publicada nesta quinta-feira, 20, pela arquidiocese, o religioso está bem fisicamente, motivado e confiante em sua recuperação. "Dom Adelar está bem fisicamente, muito motivado e confiante em Deus e na medicina para continuidade e eficácia do tratamento", afirma o documento. 

No dia 7 de novembro do ano passado, o arcebispo sofreu um desmaio durante uma celebração e foi internado para realização de exames que confirmaram a existência de um tumor maligno na região cerebral. Depois disso, o religioso passou por uma cirurgia. Dias após o procedimento, os médicos descobriram que Baruffi estava com uma meningite bacteriana, que acabou provocando novas dores na região da cabeça. 

Antes de se tornar arcebispo, o religioso trabalhou na região como reitor do Seminário Nossa Senhora Aparecida, em Caxias do Sul, padre auxiliar no Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Caravaggio, entre outras funções. Em 31 de outubro do ano passado, ele tomou posse como arcebispo de Cascavel, no Paraná. 

Foto: Arquidiocese de Cascavel / Divulgação

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.