28 Mar

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite acabou de anunciar que está renunciando o cargo para colocar seu nome à disposição do seu partido, o PSDB, nas eleições presidenciais de outubro. A assinatura oficial da renúncia deve ocorrer na quinta-feira, 31 de março.

O anúncio ocorreu no salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini, que esteve lotado para acompanhar o pronunciamento de Leite. "Vou renunciar ao poder para não renunciar à política", disse Leite em um vídeo apresentado antes do início da coletiva. 

Com a renúncia de Leite, assume o comando do governo gaúcho o vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, que acumula a função de secretário da Segurança Pública desde o início da gestão. Ranolfo é pré-candidato a governador pelo PSDB.  

Agora, o político deve enfrentar um novo embate: convencer o governador de São Paulo, João Doria, vencedor das prévias tucanas, a abrir mão da candidatura.

Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.