13 Jun

O ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou, no início da tarde desta segunda-feira, 13, sua pré-candidatura ao governo do Estado. O anúncio foi feito na sede do partido, em Porto Alegre, com a presença de lideranças políticas, entre elas, o atual governador, Ranolfo Vieira Júnior.

A decisão de Leite ocorre após pouco mais de dois meses de sua renúncia do cargo. Na época, o então governador saiu de cena para tentar uma oportunidade como candidato a presidente da República, fato que não se concretizou com a polarização entre Lula (PT) e Bolsonaro (PL), e a confirmação do nome de Simone Tebet (MDB) como candidata da chamada Terceira Via.

As especulações quanto ao anúncio desta segunda-feira vinham ocorrendo nas últimas semanas. A confirmação veio após Ranolfo abrir mão em nome da continuidade do projeto. 

Agora, Leite corre atrás de apoios dos partidos que fazem parte da base aliada do governo na Assembleia Legislativa, entre eles, o MDB, já que a sigla lançou Gabriel Souza como pré-candidato ao Piratini. As conversas também deve avançar com o PSD, União Brasil e Podemos. 


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.