17 Jan

Se não bastassem os prejuízos junto às plantações e lavouras, a estiagem provoca outro grave problema no município de Guaporé. Agora, cerca de 10 famílias precisam, diariamente, ser abastecidas com caminhões pipa, na área rural do município. 

Em um trabalho das secretarias de Agricultura, Obras e Viação, juntamente com a Coordenadoria de Defesa Civil, propriedades rurais recebem água para consumo humano e também para a manutenção da vida animal nos locais. Com um caminhão que tem capacidade de oito mil litros, a prefeitura estima que mais de 300 mil litros tenham sido entregues. Nas última semanas, a demanda aumentou, em razão do forte calor provocado no Rio Grande do Sul.

Entre os principais prejuízos causados pela seca estão as culturas do milho, soja, uva, nogueiras, erva-mate e outras, além de prejudicar o desenvolvimento e a produtividade dos animais nas propriedades, como é o caso de frangos, suínos e bovinos. 

Diariamente, o caminhão pipa realiza, em média, cinco viagens às propriedades do interior. Devido a grave situação, a expectativa é de que a prefeitura decrete situação de emergência ainda esta semana.

Foto: Jani Lazareti / Divulgação  

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.