24 Nov

A ex-companheira de Bruno Botassoli, de 25 anos, morto na manhã desta quarta-feira, 24, após tentar invadir uma residência, em Bento Gonçalves, confessou à polícia a autoria do golpe de faca que vitimou o rapaz. A informação foi confirmada pelo delegado da 1ª Delegacia de Polícia (DP) da cidade da Serra, Renato Nobre. Em depoimento, a jovem disse que reagiu em legítima defesa depois que Botassoli teria arrombado a porta da casa.

O rapaz, que é natural de Encantado, já possuía contra si medidas protetivas, pois, segundo relatos, já havia agredido a ex-companheira. 

Relembre o caso

Bruno Botassoli foi encontrado ferido, no início da manhã desta quarta-feira, 24, no pátio de uma residência localizada no bairro Conceição, em Bento Gonçalves. O fato ocorreu após o rapaz tentar entrar na casa de sua ex-companheira, uma jovem de 20 anos, que reside na rua Agostinho Casagrande.

Mesmo ferido, Botassoli teria pulado o muro da casa e caído no pátio. Um vizinho da ex-companheira ainda tentou socorrer o rapaz e levá-lo para atendimento médico no Hospital Tacchini. No entanto, devido a gravidade do ferimento, o jovem acabou morrendo.


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.