04 Mar

Pelo menos duas pessoas morreram em uma explosão registrada na sede fabril da Cooperativa Agroindustrial de Maringá (Cocamar), no interior do Paraná nesta sexta-feira, 4 de março. No momento do acidente, o pré-candidato à presidência da República, o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), visitava o complexo administrativo, juntamente de outras lideranças e apoiadores. 

Segundo as informações, por volta das 11h30min, Moro discursava quando ocorreu a explosão. Em nota, a assessoria de imprensa do ex-juiz informou que ele passa bem e não sofreu nenhum ferimento. Moro lamentou o fato e prestou solidariedade a empresa e funcionários. "Infelizmente, o acidente vitimou dois funcionários da Cocamar. Sergio Moro lamentou o acidente, prestou solidariedade ao corpo funcional e suspendeu a agenda de visitação", diz o comunicado. A comitiva de Sergio Moro deixou a empresa momentos depois da explosão.

Em nota, a Cocamar confirmou o acidente e disse que as causas estão sendo investigadas juntamente com as autoridades. "A cooperativa esclarece que em todos os seus setores são adotados rigorosos protocolos de segurança, sendo que os trabalhadores utilizavam todos os equipamentos de proteção, e comunica também que está prestando assistência às famílias das vítimas, às quais se solidariza", afirma o documento.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.