12 Mar

Uma série de ações solidárias seguem sendo desenvolvidas em Arroio do Meio para ajudar no tratamento do menino Miguel Vicente Dhein, de seis anos, diagnosticado com esclerose tuberosa, epilepsia de difícil controle e autismo. O diagnóstico surgiu ainda quando bebê e hoje, a criança sofre com dores e convulsões. 

Para amenizar o sofrimento do pequeno, a família realiza diversas campanhas de doação e arrecadação de recursos para manter o tratamento. Entre as metas está a compra de um carrinho postural para ajudar na postura de Miguel. Conforme a família, o equipamento custa R$ 22 mil. 

Para isso, uma campanha foi iniciada ainda em dezembro do ano passado, visando angariar recursos para  aquisição do carrinho, receitado por um médico ortopedista pediatra. Além disso, a família segue necessitando de apoio financeiro para a compra de medicamentos, fraldas e outros equipamentos necessários para melhorar a qualidade de vida do pequeno Miguel. 

Neste sábado, até o meio-dia, família, amigos e apoiadores da causa estão realizando um pedágio em frente ao Banrisul, na área central de Arroio do Meio. Em abril também está prevista a realização de um galeto solidário promovido pela ONG dos Autistas de Arroio do Meio e Lajeado.

Em razão do avanço da doença em diversos órgãos e ossos, além dos medicamentos utilizados para controlar a situação, Miguel faz quimioterapia. O menino sofre ainda com luxações nos joelhos e no quadril.

 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.