15 Aug

O projeto de lei que prevê o fim das aposentadorias especiais para ex-governadores e viúvas do Rio Grande do Sul, aprovado na Assembleia Legislativa, foi sancionado pelo governador Eduardo Leite na sexta-feira, 13. Atualmente, nove ex-governadores e quatro herdeiras de chefes do Executivo já falecidos recebem o benefício.

Conforme as informações do Portal da Transparência, o valor mensal destinado a cada beneficiário é de R$ 30.471,11. Em 2015, uma mudança na lei limitava que o pagamento fosse efetuado apenas nos quatro anos seguintes após o final do mandato do governador. A lei que previa o pagamento do subsídio é de 1979.

Quem recebe as pensões:


  • Jair Soares (PDS, hoje PP), governador entre 1983 e 87
  • Pedro Simon (MDB), governador entre 1987 e 90
  • Alceu Collares (PDT), governador entre 1991 e 95
  • Antônio Britto (MDB, hoje sem partido), governador entre 1995 e 99
  • Olívio Dutra (PT), governador entre 1999 e 2003
  • Germano Rigotto (MDB), governador entre 2003 e 07
  • Yeda Crusius (PSDB), governadora entre 2007 e 11
  • Tarso Genro (PT), governador entre 2011 e 15
  • José Ivo Sartori (MDB), governador entre 2015 e 19
  • Marília Guilhermina Martins Pinheiro, ex-companheira de Leonel Brizola
  • Neda Mary Eulalia Ungaretti Triches, viúva de Euclides Triches
  • Mirian Gonçalves de Souza, viúva de Amaral de Souza
  • Nelize Trindade de Queiroz, viúva de Sinval Guazzelli

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.