10 Sep

O organizador dos manifestos de caminhoneiros em todo o país, Zé Trovão, que está foragido da Justiça, anunciou o fim da paralisação da categoria. A informação foi confirmada em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, na manhã desta sexta-feira, 10. Segundo o caminhoneiro, que virou líder dos protestos, desde cedo, ele se reúne com representantes dos caminhoneiros e com o presidente da República, Jair Bolsonaro, para avaliar o resultado dos protestos realizados no dia 7 de setembro.

Segundo o caminhoneiro, em uma das reuniões com Bolsonaro, o chefe do Executivo prometeu que haveriam mudanças no país em duas semanas. Conforme Zé Trovão, Bolsonaro garantiu que a população irá sentir diferença no cenário que se desenha.

Durante a entrevista, o caminhoneiro informou que está escondido no México e que aguarda a possibilidade de um habeas corpus da Justiça, para não ser preso pela polícia brasileira. Quem estaria por trás das tratativas é a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). “Estou aguardando o fim dos inquéritos nos quais estou sendo investigado. Esse habeas corpus vai decidir todos os passos que vou dar daqui em diante”, disse. Ele é alvo de um mandado de prisão preventiva, expedido pelo ministro Alexandre de Moraes.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.