07 Dec

Custos dos procedimentos cirúrgicos chegam próximo dos R$ 3 mil; expectativa é de que Pérola seja operada ainda esta semana, caso o valor seja arrecadado

Um caso grave de atropelamento, provocado pela irresponsabilidade dos tutores, mobiliza os protetores de animais de Bento Gonçalves a angariar recursos financeiros para pagar as despesas de uma cirurgia na pequena Pérola, de apenas cinco meses de vida. De acordo com as informações repassadas pela clínica onde a cachorrinha está, o procedimento deve ser realizado ainda nesta semana e visa melhorar o desenvolvimento motor do animal que sofreu fraturas na bacia e está com a estrutura pélvica comprometida.

Dos gastos elencados para o procedimento estão a cirurgia, que custa em torno de R$ 3 mil, além dos medicamentos e internações do pós-operatório.

Conforme o relato das protetoras que fizeram o resgate, os tutores tentavam criar uma ninhada para vender, mas, como os filhotes não nasceram puros, acabaram sendo largados na rua, no bairro Vila Nova. Exatamente no dia em que as protetoras foram levar ração para alimentar os cãezinhos, a Pérola acabou sendo atropelada e gravemente ferida.

Agora, ela está internada na clínica Simpaticão, onde o procedimento será feito assim que o valor for arrecadado. As doações, de qualquer valor, podem ser encaminhadas para o PIX 08062249000133 (CNPJ da clínica). Os comprovantes podem ser enviados para o número (54) 9.9919.6611.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.