09 Mar

Após significativa melhora nos indicadores da pandemia de covid-19 no Rio Grande do Sul, o Gabinete de Crise do Governo do Estado emitiu ontem o anúncio de retirada dos Alertas e nova emissão de Avisos a todas as regiões covid do Sistema 3As de Monitoramento, responsável pelo gerenciamento da pandemia no Rio Grande do Sul.

De acordo com o governador em exercício, Ranolfo Vieira Júnior, a medida ocorre após a registrada de queda na ocupação de leitos hospitalares e mortes provocadas pela doença. “Estamos presenciando queda no número de casos registrados, de ocupação de leitos de hospital e de óbitos. A tendência é seguirmos em redução nas próximas semanas. Dessa forma, com o aval técnico, decidimos retirar o Alerta de todas as regiões”, afirmou.

De acordo com os dados do Grupo de Trabalho, na semana que passou, a média móvel de casos confirmados apresentou redução de 47% com o último levantamento realizado. Atualmente, o Rio Grande do Sul tem 270 pacientes internados em leitos clínicos e UTIs, por causa da pandemia. São 180 em espaços hospitalares e 90 em Unidades de Terapia Intensiva. A taxa atual de ocupação nas UTIs está em 57,1%. Nos últimos sete dias, foram registrados 226 óbitos, com média de 32,3 óbitos por dia, redução semanal de 23,1%.

No Vale do Taquari, os números também apontam redução em todos os indicadores analisados. Conforme os dados, neste último levantamento realizado, a queda de novos casos chega a 31,2%. Já os óbitos, a redução é de 50% e as internações em 24,2% a menos que na semana anterior. Desde o início da pandemia, o Vale do Taquari contabiliza 70,2 mil casos e 972 mortes por causa da covid-19.

Em nota, o Governo do Estado salientou a redução, mas pediu que a população continue mantendo os cuidados básicos para evitar uma nova subida de casos e mortes. "Mesmo com a redução, os índices ainda estão acima dos números registrados em dezembro do ano passado, período antes do surgimento da variante ômicron", revela o GT.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.