29 Jul

A partir desta sexta-feira, 29, o preço da gasolina vai sofrer nova redução nas refinarias, conforme informações da Petrobras divulgadas na quinta-feira, 28. Com isso, as distribuidoras pagarão R$ 3,71 pelo litro do combustível, o que representa uma queda de 3,88%, se comparado ao valor pago até ontem, que era de R$ 3,86. A expectativa é de que a diminuição seja sentida pelo consumidor final. 

Em julho, esta é a segunda redução registrada da gasolina feita pela Petrobras. Na semana passada, o preço já havia diminuído R$ 0,20.

Em nota, a estatal informou que a queda ocorre após acompanhamento da evolução nos preços de referência. No entanto, informações de fontes ligadas à Petrobras confirmam que a queda é mais uma exigência do presidente Jair Bolsonaro, visando sua reeleição. 

O preço dos combustíveis da Petrobras vinha sendo motivo de reclamações do presidente para a gestão da estatal. Apesar de nunca ter agido para alterar a política de preços da Petrobras, Bolsonaro demitiu dois presidentes da empresa neste ano.

Desconsiderando essas reduções recentes, o governo Bolsonaro é campeão em aumentos da gasolina, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP). O preço do combustível acumulou em seu governo, até junho, uma alta semelhante à registrada durante os mais de 13 anos em que membros do Partido dos Trabalhadores (PT) presidiram o país.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.