15 Dec

Em Muçum serão cinco vagas para a função de Recenseador


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou, nesta quarta-feira, 15, no Diário Oficial da União, o edital para seleção de recenseadores e agentes censitários do Censo Demográfico 2022. Serão 206.891 vagas temporárias para todo o país. Em Muçum serão cinco vagas para a função de recenseador.

Antes deste edital, o IBGE já tinha aberto dois processos seletivos, que foram cancelados, devido a adiamentos do censo. O primeiro cancelamento foi em março de 2020 e, o segundo, em outubro deste ano.

De acordo com o IBGE, as inscrições iniciam às 16h desta quarta-feira e seguem até às 16h do dia 29 de dezembro deste ano. Os interessados podem se inscrever pelo site da FGV Conhecimento, onde também está disponível informações sobre as provas e editais do certame.

As provas objetivas serão aplicadas presencialmente em 27 de março de 2022 para agente censitário municipal, agente censitário supervisor e recenseador, seguindo os protocolos sanitários de prevenção da Covid-19. Serão 10 questões de Língua Portuguesa, 10 de Raciocínio Lógico Quantitativo, cinco de Ética no Serviço Público, 15 questões de Noções de Administração/Situações Gerenciais e 20 de Conhecimentos Técnicos.

Salários

Os recenseadores, que são os responsáveis pela aplicação do questionário do Censo nos domicílios, terão salário variável de acordo com a produção. A carga horária semanal recomendável é de 25 horas. A taxa de inscrição custa R$ 57,50.

Os agentes censitários supervisores supervisionam o trabalho dos recenseadores. Eles têm a carga horária semanal de 40 horas e salário de R$ 1.7mil.

Já os agentes censitários municipais têm, entre suas atribuições, garantir a cobertura de sua área territorial, o cumprimento dos prazos e a qualidade das informações coletadas. A carga horária é de 40 horas e o salário, de R$ 2.100. O valor da taxa de inscrição para ambos os cargos é de R$ 60,50.

Vagas de Recenseador em Muçum

Conforme as informações disponibilizadas nos editais, para Muçum serão cinco vagas na função de recenseador. Desse total, uma será direcionada para Pessoas com Deficiências (PcD), uma para Pessoas Pretas ou Pardas (PPP) e três para Ampla Concorrência.

Para a função de recenseador, é exigido ensino fundamental completo. A previsão de duração do contrato é de até três meses, podendo ser prorrogado, com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo Demográfico e na disponibilidade de recursos orçamentários.

De acordo com o IBGE, o recenseador não tem horário fixo. Espera-se que dedique ao menos 25 horas por semana, inclusive nos feriados e finais de semana. Os recenseadores aprovados no processo seletivo terão treinamento com duração total de cinco dias e carga horária de oito horas diárias, composto por duas etapas: autoinstrução (leitura prévia do Manual do Recenseador) e curso presencial.

Confira o edital para a função de Recenseador, clicando neste link.

Vagas de Recenseador na região

  • Arroio do Meio - 20 Vagas
  • Capitão - 3 vagas
  • Dois Lajeados - 4 Vagas
  • Dr. Ricardo - 2 Vagas
  • Encantado - 22 Vagas
  • Estrela - 33 Vagas
  • Guaporé - 25 Vagas
  • Lajeado - 83 Vagas
  • Nova Bréscia - 4 Vagas
  • Relvado - 2 Vagas
  • Roca Sales - 12 Vagas
  • Vespasiano Corrêa - 2 Vagas

Vagas de Agente Censitário

Segundo o edital, para as funções de agente censitário, é exigido ensino médio completo. O trabalho nesta função é dividido em dois cargos: Municipal e Supervisor. O primeiro, visa gerenciar o posto de coleta e, durante todo o trabalho do Censo Demográfico. Já o segundo exerce as tarefas de supervisão da operação censitária, com foco nas questões técnicas e de informática e administrativas. A duração dos contratos é de cinco meses, podendo ser prorrogado, com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo Demográfico e na disponibilidade de recursos orçamentários.

Para a região de Encantado, que engloba os municípios de Capitão, Coqueiro Baixo, Doutor Ricardo, Encantado, Muçum, Nova Bréscia, Roca Sales e Vespasiano Corrêa, serão uma vaga para Agente Censitário Municipal e cinco para Agente Censitário Supervisor. Esta última, uma é direcionada à PcD, uma para Pessoas Pretas ou Pardas (PPP).

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Além do salário, os agentes censitários terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais.

Confira o edital para a função de Agente Censitário, clicando neste link.

Foto: Tânia Rego / Agência Brasil 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.