25 Jan

O início da coleta de informações do Censo 2022, promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), deve começar em 1º de agosto, conforme prevê o órgão federal. A previsão inicial era de que o trabalho dos agentes censitários iniciasse no dia 1º de junho, mas precisou ser alterado, em decorrência da troca da banca que irá realizar o concurso para seleção dos profissionais.

Com previsão de recursos de mais de R$ 2 bilhões, o Censo é realizado a cada 10 anos. A última edição realizada foi em 2010. No entanto, em razão da pandemia de covid-19, o trabalho precisou ser adiado.

No total, 186.021 recenseadores e 23.870 agentes censitários vão estar por todas as regiões do Brasil colhendo informações. As inscrições do processo seletivo para contratação terminaram na sexta-feira, 21, com a participação de mais de 1,1 milhão candidatos.

Conforme o IBGE, os recenseadores trabalharão uniformizados, com boné e colete azuis com a logomarca do órgão. No colete, haverá também o crachá de identificação, contendo a foto e os números de matrícula e identidade do entrevistador. Para registro das informações, os recenseadores utilizarão o Dispositivo Móvel de Coleta (DMC), semelhante a um smartphone, na cor azul. A identidade dos entrevistadores do IBGE poderá ser verificada por meio do site respondendo.ibge.gov.br ou do telefone 0800 721 8181.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.