10 Sep

Hello, pessoal! Após uma semana sem publicar (peço desculpas, mas foi bem corrida a agenda), volto com alguns tópicos que separei para vocês. Boa leitura!

Diárias na Câmara de Vereadores de Muçum - I 

Após a publicação da situação de gastos com diárias na Câmara de Vereadores de Muçum, o vereador Paulo César Belotti, o Kpela, veio às redes sociais para explicar o motivo de sua ida à Brasília, na Marcha dos Vereadores. E foi bem sincero em suas colocações: justificou sua ida para buscar conhecimentos sobre a função de um vereador de primeiro mandato, além de encaminhar um pedido de emenda parlamentar de R$ 150 mil para comprar um novo aparelho de ecografia para o Hospital Nossa Senhora Aparecida. 

Diárias na Câmara de Vereadores de Muçum – II 

Não sou contra a utilização de diárias. Está em lei. No entanto, é preciso ponderar quando a utilização desses recursos não remeta em benefícios do coletivo e mire apenas em uma pessoa. Afinal, é o dinheiro do contribuinte que está em jogo. Valores que, no final do ano, poderiam ser devolvidos aos cofres públicos para serem investidos em saúde, educação, cultura e por aí vai. Vamos continuar acompanhando. 

Soberanas de Encantado – I 

Muito bem organizado o concurso que elegeu o novo trio de soberanas do município de Encantado. Eu diria, impecável. Independente do resultado, afinal, uma soberana não deve ser apenas um rosto bonito. Isso conta. Mas é necessário que ela tenha postura, saiba se expressar, iniciativa, entre outros atributos.

Soberanas de Encantado – II 

Na verdade, Encantado sempre foi “escola” na organização de concursos de beleza. É espelho para outros municípios que pretendem realizar suas escolhas neste ano. Mesmo com a pandemia, não se perdeu o alto nível. Eu diria até que foi melhor que todas as outras edições, mesmo com a presença de público limitado. 

Soberanas de Encantado – III 

Linda e emocionante homenagem realizada às ex-soberanas. Desde a primeira, eleita durante o cinquentenário da cidade, até a última gestão. São poucas as cidades que tem esse cuidado e respeito com quem já carregou uma faixa e a responsabilidade de levar o nome do seu município a todo o Estado e fora dele. Muitos concursos, já presenciados por mim, pecam neste e em outros sentidos. Um convite formal já bastaria. Convidar quem já foi soberana para prestigiar o evento, é, no mínimo uma questão de respeito, reconhecimento e, acima de tudo, valorização do que esse cargo representa (para a cidade e para quem foi premiada). 

Eleições 2022 - I 

Fique bem atento nos candidatos que vem para a cidade pegar teu voto e só dar as caras de novo daqui quatro anos. Se for candidato de primeira viagem, analise bem os projetos e não caia no “conto do vigário”, porque há muita coisa prometida e depois não cumprida. Para os que buscam a reeleição, veja quem ajudou a cidade e quais projetos defendeu ao longo do seu primeiro mandato. Se te convencer, vote. 

Eleições 2022 – II 

Mais uma vez, o Vale do Taquari deve ficar sem representante na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados. Tudo porque não conseguem amansar seus egos e enchem de candidatos que, juntos, talvez conseguiriam a quantidade de votos suficientes para termos um representante. Enquanto não pensarmos pelo coletivo, continuaremos nadando (cada um por si). 

Eleições 2022 – III 

Em 2018 foi assim. Um caminhão de candidatos que utilizaram o pleito para tirar um termômetro de como estava sua popularidade para as eleições municipais de 2020. Resultado: ninguém do Vale eleito. 

Eleições 2022 – IV 

Pelo menos dois partidos já lançaram seus pré-candidatos ao Governo do RS. Os Progressistas querem o senador Luiz Carlos Heinze como candidato. Ele já topou e divide sua agenda entre a CPI da Covid-19, onde é fiel escudeiro do Governo, inclusive, em diversos momentos, apresentando informações falsas ou adulteradas e fazendo visitas aos municípios do interior, onde deverá ser seu reduto eleitoral. No final de semana que passou foi a vez do PSB indicar Beto Albuquerque, que já foi deputado, secretário estadual e, na última eleição, candidato a senador. São dois nomes fortes que deverão brigar por uma vaga no segundo turno. 

Eleições 2022 – V 

Há boatos que pelo menos dois ex-governadores também poderão concorrer novamente: Tarso Genro (PT), a pedido do ex-presidente Lula e José Ivo Sartori (MDB). Este último, no entanto, também tem desejo de disputar uma vaga no Senado. No lugar de Sartori, lideranças emedebistas sugerem o nome de Alceu Moreira, atualmente, deputado federal. Onyx Lorenzoni (DEM), atual ministro de Bolsonaro, Osmar Terra (MDB) e o atual presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr (PDT) também deverão colocar seus nomes à disposição. O atual governador do RS, Eduardo Leite (PSDB), já declarou abertamente que não irá à reeleição, pois, além de ser pré-candidato à presidência da República, diz ser contrário à reeleição. Certamente, teremos um grande número de candidatos. 

Manifestações do 7 de setembro 

O povo foi às ruas. A maioria, para defender o atual governo. Isso foi apenas um termômetro para Bolsonaro e também para os demais partidos políticos, do que iremos presenciar nos próximos dias, semanas, meses. Domingo, 12, ocorrem manifestações contra o presidente. Acredito eu que serão menores que as do dia 7. Não pela sua importância. Mas pela falta de mobilização, quanto a misturança de pautas e os interesses políticos-partidários que vão estar envolvidos. Até 2022 será um longo caminho. Só saberemos realmente o resultado de tudo isso no ano que vem. Se até lá alguma coisa não acontecer. Brasília está em ebulição nesta semana. 

Conta de Luz 

Preparem os bolsos! Vem aí mais um polpudo aumento na sua conta de energia elétrica. Crise hídrica, atraso na tomada de decisões por parte do Ministério de Minas e Energia são os principais fatores para um possível apagão e racionamento de luz no verão. A pedido dos empresários, Bolsonaro cogitou a volta do horário de Verão (aquele mesmo horário extinguido por ele em 2019) para tentar minimizar os efeitos. Ainda não bateu o martelo. 

Semanas Farroupilhas na região 

Continuo achando prudente pela não realização do evento de maneira presencial. Mas é a minha opinião (que é apoiada por uns e discordada por outros). Encantado, Vespasiano Corrêa, Lajeado e Teutônia são algumas das cidades que irão realizar o evento de maneira presencial. Segundo estes municípios, tudo será controlado rigorosamente, cumprindo as medidas sanitárias. Tá bom. 

Tradicionalismo 

Pelo segundo ano consecutivo, em razão da pandemia de covid-19, o Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart) não será realizado em Santa Cruz do Sul. No entanto, o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) estuda a possibilidade de realizar um Festival com grupos e concorrentes individuais que participaram nas edições anteriores no mês de novembro, no Parque da Oktoberfest, em Santa Cruz do Sul. O projeto ainda está em elaboração. Mais detalhes ainda não posso contar. 

Fake News - I 

Muito cuidado com a quantidade de notícias falsas que rondam as redes sociais e grupos de conversas no WhatsApp. Hoje em dia, é muito fácil criar uma história e disparar na internet. Em poucos minutos, a confusão está formada. Para evitar esse tipo de desserviço e não passar vergonha, deixo aqui alguns sites que desmentem possíveis informações falsas: Agência Lupa, Fato ou Fake, Agência Pública, E-Farsas e Fake-Check. 

Fake News – II 

Um ponto a ser considerado e que sempre chama a atenção é o título. Focar exclusivamente nele pode tirar o contexto da matéria e até mesmo a data de sua publicação. Muitos textos utilizam click bait, que é apenas para fisgar leitores e gerar acessos. As Fake News estão cada vez mais presentes e, para lidar com isto, os leitores devem ficar muito atentos antes de confiarem em um título ou uma publicação.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.