10 Jun

Teve início, por volta das 9h, na catedral São João Batista, em Santa Cruz do Sul, o velório do bispo emérito da diocese, Dom Aloísio Sinésio Bohn, morto aos 87 anos na quinta-feira, 9 de junho. Com o repicar dos sinos, o caixão com o corpo do religioso adentrou ao templo, carregado por outros padres.

O velório de Bohn segue durante toda a manhã e às 15h, ocorrem as celebrações de exéquias. O corpo do bispo emérito será sepultado dentro da catedral. 

O religioso faleceu por volta das 20h de ontem, aos 87 anos, em decorrência de um quadro de pneumonia. Ele chegou a ficar hospitalizado nos últimos dias por conta de uma dificuldade respiratória, recebeu alta e continuou tendo acompanhamento médico.

Ao completar 75 anos de idade, cumprindo uma orientação disciplinar da Igreja, escreveu sua carta de renúncia ao Papa Bento XVI em setembro de 2009. O pedido foi aceito em junho de 2010. 

Na condição de Bispo Emérito, Dom Sinésio presidiu várias celebrações de crisma nas paróquias e auxiliou como capelão do Mosteiro da Santíssima Trindade em Linha Travessa, Santa Cruz do Sul. Eventualmente também socorreu os padres nas celebrações das paróquias, e pregou alguns retiros para padres em outras dioceses. Nos últimos, devido a fragilidade física, viveu uma vida de recolhimento, oração e estudo na Casa Amparo Fraterno

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.