23 May
João Doria desiste de candidatura à presidência da República pelo PSDB

O ex-governador de São Paulo, João Doria, anunciou, no início da tarde desta segunda-feira, 23, a retirada de sua pré-candidatura à presidência da República. O anúncio foi realizado durante uma entrevista coletiva, transmitida nas redes sociais do político. Em seu discurso, Doria afirmou que "não era a escolha da cúpula" do seu partido, o PSDB.

Com a decisão, ganha força o nome da senadora Simone Tebet (MDB) para liderar o processo de criação de uma chamada "terceira via" e ser uma opção à polarização entre os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT).

Em seu discurso, Doria lamentou a decisão e disse que sua candidatura sempre sofreu pressão interna do seu partido. "Hoje, neste 23 de maio, serenamente, entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB. Aceito esta realidade de cabeça erguida", disse. "Para as eleições deste ano me retiro da disputa com o coração ferido, mas com a alma leve, finalizou.

A saída de Doria ocorreu um dia antes da reunião agendada entre a executiva do PSDB para traçar estratégias ao pleito de outubro. 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.