31 Mar

O governador de São Paulo, João Dória, e o ex-juiz e ministro da Justiça, Sergio Moro, devem desistir de suas pré-candidaturas à presidência da República nas próximas horas. As informações foram divulgadas na manhã desta quinta-feira, 31, a apoiadores e aliados.

De acordo com a assessoria de Doria, o anúncio oficial deve ser feito durante a tarde em um evento com prefeitos do interior paulista, no Palácio dos Bandeirantes.  Além da desistência, o governador de São Paulo deve deixar o PSDB e não vai tentar a reeleição ao governo de São Paulo. Desta forma, o caminho fica livre para a candidatura de Eduardo Leite, recém-saído do governo do Estado.

 Já Moro, além da desistência, sua saída do Podemos é dada como certa. As informações dão conta que ele deve se filiar ao União Brasil. O ex-juiz e ex-ministro teria sido convidado a ir para a nova sigla para ser candidato a deputado federal. 

No MDB, a pré-candidatura apresentada é a da senadora Simone Tebet (MS). A aliados, a parlamentar se mostrou otimista com a crise tucana e vê chance de o MDB liderar a candidatura da terceira via.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.