08 Oct

Prepare, mais uma vez, o seu bolso. Após 85 dias sem aumentos nas refinarias, a Petrobras anunciou um novo reajuste de R$ 0,1932 no preço da gasolina a partir desta sexta-feira, 8 de outubro. Ainda não há previsão de quanto isso vai impactar no preço final repassado ao consumidor. Também houve aumento de R$ 0,26 por quilo do gás de cozinha. 

O último aumento registrado havia ocorrido em agosto. Desde que a nova diretoria da estatal assumiu o comando, no mês de abril, os reajustes vinham ocorrendo mensalmente. No entanto, em setembro, a Petrobras não divulgou nenhuma elevação na gasolina. 

Em nota, a companhia informou que para avaliar os reajustes foram analisados dois fatores: a cotação do dólar e o preço do petróleo no mercado internacional. A Petrobras afirmou que elevação reflete os patamares internacionais de preços de petróleo, "impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial", e a taxa de câmbio, "dado o fortalecimento do dólar em âmbito global". 

Além da cotação nas refinarias, os preços nos postos dependem de fatores como a adição obrigatória de biocombustíveis, impostos estaduais e margens de distribuição e revenda.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.