19 May

Uma nova recomendação do Ministério da Saúde orienta que toda a população com 60 anos ou mais, realize a segunda dose de reforço contra a covid-19, ou a quarta dose. O anúncio foi feito na quarta-feira, 18. De acordo com os técnicos da pasta, estudos mostraram que essa estratégia aumenta em mais de cinco vezes a imunidade uma semana após a aplicação.

Agora, com a orientação, estados e municípios já podem começar a vacinar a população que recebeu os imunizantes CoronaVac, Pfizer e AstraZeneca. A segunda dose de reforço deve ser aplicada com o imunizante da Pfizer ou com as vacinas da Janssen e Astrazeneca, independentemente da dose utilizada anteriormente. A aplicação deve ser feita seguindo o intervalo de quatro meses após a primeira dose de reforço.


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.