20 Mar
20Mar

Morreu na madrugada deste sábado, 20, o fundador do Jornal de Muçum, Edison Bazzareli Soares. Ele estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e não resistiu às complicações respiratórias.

Edison era professor de matemática, mas sempre foi apaixonado pelo jornalismo e foi assim que ficou conhecido em Muçum após a criação do extinto "Jornal de Muçum", o primeiro jornal impresso a circular com assuntos locais. Inicialmente, o periódico era impresso semanalmente. Aos poucos, com a necessidade de remodelar o formato, o jornal passou a ser quinzenal, com notícias locais, cobertura de festas e eventos.

De acordo com as informações, além de Soares, a esposa, professora Roseli Mottin Soares também está internada, em decorrência da doença.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.