25 Jul
Muçunense é eleito conselheiro de Cultura do RS

O muçunense Ranieri Zilio Moriggi, de 36 anos, foi eleito conselheiro estadual de Cultura. Ele integra um grupo de 18 nomes que foram escolhidos, por meio de votação entre as entidades culturais do Rio Grande do Sul, para ocupar uma das cadeiras do colegiado. O resultado foi divulgado no domingo, 25. No pleito, Moriggi representou a Associação Muçunense de Artes, no segmento teatro.

Após empossado, Moriggi terá entre suas atribuições, estabelecer diretrizes e prioridades para o desenvolvimento cultural do estado, fiscalizar a execução dos projetos culturais e aplicação de recursos, manifestar-se sobre questões técnico-culturais e emitir pareceres e informações versando sobre matéria inerente à suas atribuições. 

Para ele, poder representar o Vale do Taquari no conselho é motivo de orgulho e responsabilidade. "Estar conselheiro pelos próximos dois anos certamente será de muita experiência e compromisso para com a nossa cultura. Durante o pleito defendi que o Vale precisava ter voz dentro do colegiado e, graças ao apoio de diversos segmentos, entidades e produtores, conseguimos efetivar nossa candidatura e, por resultado, vencer a eleição", disse. "Agora, o foco é trabalho, responsabilidade e dedicação ao cargo ao qual fui eleito", afirma.

Dentre os integrantes do conselho, dois terços são eleitos pelas entidades dos diversos segmentos culturais e um terço é indicado pelo governo do Estado, em anos alternados.  


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.