26 Jan
Nem a coitada aguentou: calorão derrete caixa d´água em Cachoeira do Sul

O calor de mais de 40ºC que marcava no domingo, 23, fez com que uma caixa d´água de um mil litros derretesse no interior do município de Cachoeira do Sul. Segundo o proprietário do local, que fica na localidade do Barro Vermelho, no momento do fato, os termômetros registravam 41ºC. Segundo Jocemar Camargo, produtor rural, a caixa começou apresentar os primeiros indícios de que não aguentaria as fortes temperaturas.  “A caixa d’agua estava cheia quando ela começou a ceder”, disse.

De acordo com o professor Glaucinei Rodrigues, mestre em Engenharia de Materiais, o calor pode sim alterar a forma da estrutura, já que a caixa d´água é composta de polietileno, um material plástico que pode ser moldado sob temperatura e pressão.

Segundo Rodrigues, a temperatura de fusão do polietileno é relativamente baixa – cerca de 112°C. “Para se fazer uma caixa d’água, os grãos de polietileno são derretidos em uma máquina aquecida a cerca de 112°C. Com a exposição ao sol, ao longo do dia, a água contida nela pode ter aquecido e chegado perto da temperatura de fusão, gerando o derretimento”, explica. 


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.