21 Oct

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou nesta quinta-feira, 21, os reajustes médios da nova tabela de frete. As informações contam no Diário Oficial da União. De acordo com o órgão, os valores foram reajustados, em média de 4,54% a 5,90%, dependendo do tipo de veículos e a classe de carga.

O reajuste ocorre em razão dos sucessivos aumentos no preço dos combustíveis, neste caso, do óleo diesel. Em regra, a legislação permite o reajuste da tabela toda a vez que o preço do combustível no mercado nacional oscile para cima de 10%.Segundo a ANTT, o menor reajuste médio foi relativo a tabela de transporte rodoviário de carga lotação, de 4,54%. Em seguida, estão as Operações em que haja contratação apenas do veículo automotor de cargas, com alteração média de 5,10%. 

Já o transporte rodoviário de carga lotação de alto desempenho, sofreu reajuste médio de 5,36%, e a de Operações em que haja contratação apenas do veículo automotor de cargas de alto desempenho foi alterada, em média, em 5,90%.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.