21 May

Quatro homens que trabalhavam no corte de árvores no interior do município de Putinga foram resgatados pela Polícia Federal de Santa Cruz do Sul e auditores fiscais do trabalho após denúncia de condição degradante durante atividades. A ação ocorreu entre os dias 17 e 18 deste mês, após requisição do Ministério Público do Trabalho.

De acordo com as informações divulgadas, os trabalhadores são argentinos e chegaram ao local com passagens pagas pelo empregador. Eles estavam sem documentos, isolados e eram mantidos na informalidade e em alojamento em precárias condições.

Após serem resgatados, os homens foram levados a um hotel na área urbana do município até a tramitação dos acertos financeiros referentes às rescisões de contratos. O responsável por empregar os homens não estava no local e foi intimado a comparecer à Polícia Federal,  em Santa Cruz do Sul.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.