17 Aug

O cálculo para envio de mais vacinas contra a covid-19 aos municípios vai ser novamente modificado pelo Governo do Rio Grande do Sul a partir da próxima remessa. Foi o que informou a Secretaria Estadual da Saúde (SES), na segunda-feira, 16, com o objetivo de acelerar a imunização e conseguir atingir a meta de 100% da população acima de 18 com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19 até a quarta-feira, 25. A decisão ocorreu em comum acordo entre os integrantes da Comissão Intergestores Bipartite.

A partir da próxima remessa de vacinas, o critério de faixa etária, principal dado utilizado para definir a quantidade de doses enviadas a cada município não será mais levado em conta. A partir de agora, o que passa a valer é o cálculo de quantas doses cada município necessita para aplicar o imunizante em toda a população vacinável com 18 anos ou mais.


Conforme a equipe do Governo, até o momento 7,1 milhões de doses já foram distribuídas em todo o Rio Grande do Sul, o que corresponde a 81% da população apta a receber a vacina. Segundo a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica da SES, Tania Ranieri, atualmente a divisão é feita através de estimativas, com dados enviados pelo Ministério da Saúde, o que muitas vezes foge da realidade local. “Hoje temos um cálculo de população estimada, com o número que é estipulado pelo Ministério da Saúde para envio das doses para o Estado. Então nós recalculamos por município para enviarmos as doses que faltam para que seja atingida a meta de vacinarmos toda a população com 18 anos ou mais até o dia 25 de agosto”, explica.

De acordo com os números da SES, para alcançar os 100% de imunização com a primeira dose, o Rio Grande do Sul precisa vacinar mais 1,6 milhão de pessoas. Até o momento, 37 municípios gaúchos já informaram a pasta estadual que possuem vacinas suficientes para imunizar a população com 18 anos ou mais. A expectativa é de que na quarta-feira, 18, mais 240 mil doses da Pfizer e da CoronaVac sejam enviadas aos 497 municípios gaúchos. Ainda na mesma entrega, serão distribuídas cerca de 260 mil doses de AstraZeneca, destinadas à segunda dose.

Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.