07 Jun

O deputado estadual e então secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Sul, Edson Brum, deixou na segunda-feira, 6 de junho, o cargo que ocupava junto ao governo do Estado. O desligamento ocorre, já que o político vai assumir uma vaga como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), já que foi indicado pela Assembleia Legislativa a assumir o posto deixado por Algir Lorenzon, que está se aposentando. 

Brum toma posse no dia 14 de junho. Além da saída do governo, o político deverá se desfiliar do MDB, já que não é permitido que agentes políticos ocupem a função. 

Na pasta do Desenvolvimento Econômico, quem deve assumir como titular é o atual secretário adjunto, Joel Maraschin.

Com a nomeação ao cargo de conselheiro, Brum passará a receber, mensalmente, o salário de R$ 35.462,22, mais uma gratificação de R$ 7.092,44 , totalizando o valor bruto de R$ 42.554,66.

Natural de Rio Pardo, no Vale do Rio Pardo, Brum é também Cidadão Honorário Encantadense, honraria concedida pela Câmara de Vereadores de Encantado, no Vale do Taquari. Formado pela Uninter em Gestão de Recursos Humanos e pelo Senac em Gestão Pública, e cursando MBA em Ciência: Relação Institucional e Governamental pela Uninter, está no quinto mandato como deputado estadual.

Foto: Joel Vargas / ALRS


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.