21 Mar
Partidos se movimentam para lançar candidato único nas eleições presidenciais

A união de, pelo menos, três partidos políticos poderá afunilar o número de candidatos a presidente da República nas eleições de outubro. Pelo menos é o que apontam conversas entre o PSDB, MDB e o União Brasil, que discutem a necessidade de apresentar uma única alternativa à chamada terceira via.

Nesta segunda-feira, 21, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, voltou a defender a união das siglas na busca por um nome forte para compor a chapa. Segundo Araújo, a inclusão do Podemos, que deve anunciar no dia 1º de junho candidatura única ao Planalto.

Atualmente, o PSDB havia indicado o nome do governador de São Paulo, João Doria como pré-candidato à disputa ao Planalto. Já o MDB anunciou o nome da senadora Simone Tebet (MS).  

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.