25 Oct

A passarela construída na ponte Tarso Dutra, que liga os municípios de Encantado e Muçum foi inaugurada no sábado, 23. A estrutura, que fica na comunidade da Barra do Guaporé, era um antigo anseio de moradores que se arriscavam, a pé, passar pela ponte movimentada para ir à Muçum ou realizar caminhadas pela rodovia. O evento contou com a presença de autoridades e da comunidade local.

A obra, que teve início no ano de 2020, ainda pelo então prefeito Adroaldo Conzatti, teve um custo de mais de R$ 821,1 mil, pagos com recursos da prefeitura de Encantado. Com mais de 150 metros de extensão, a estrutura foi construída por uma empresa de Cascavel, no Paraná. De acordo com a prefeitura de Encantado, a estrutura é resistente às intempéries e a umidade ocasionada pelo rio Guaporé. 

Na época da construção, um acordo entre Conzatti e o então prefeito de Muçum, Lourival de Seixas (MDB) não se concretizou. O chefe do Executivo encantadense se responsabilizaria pela construção da passarela, enquanto o município de Muçum ficaria com a parte da implantação da iluminação pública. No entanto, até o momento, a obra por parte da Princesa das Pontes não ocorreu.

O prefeito de Encantado Jonas Calvi destacou a mobilização dos moradores. “Essa é uma obra que o município fez porque a comunidade se mobilizou e levou essa demanda ainda quando tínhamos a Associação de Desenvolvimento Comunitário. O prefeito Adroaldo percebeu a necessidade dessa passarela e se dedicou para iniciar a obra e hoje estarmos aqui para a inauguração", disse.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.