14 Mar

Conforme as informações preliminares, general apresentou problemas de saúde e alegou que precisará de mais tempo para se reabilitar

Em uma comunicação ao presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Eduardo Pauzuello, pediu para deixar o comando do Ministério da Saúde neste domingo, 14. De acordo com as informações do jornal O Globo, o general alegou ao chefe do Executivo, problemas de saúde.

Conforme as informações preliminares, Pazuello alegou que precisará de mais tempo para se reabilitar.

Pelo menos dois nomes já estão sendo cogitados para assumir o controle da pasta neste momento crítico da pandemia do novo coronavírus: os médicos cardiologistas Ludhmilla Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.


Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.