27 Aug
População de Muçum chega perto de cinco mil, diz IBGE

Números foram apresentados nesta sexta-feira, 27, e são uma estimativa, já que o Censo Demográfico não é realizado desde 2010 

Muçum chegou a marca de 5.967 habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), publicada nesta sexta-feira, 27, no Diário Oficial da União. Segundo o órgão, houve aumento de 0,10 % na comparação com a população estimada em 2020, que era de 5.961 pessoas. A elevação fica abaixo da média nacional que é de 0,737%. 

Apesar de ser uma estimativa, já que o Censo não é realizado desde 2010, os cálculos populacionais servem de base para o cálculo das cotas dos fundos de participação de Estados e municípios. 

Segundo o IBGE, as populações dos municípios foram estimadas por procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos municípios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010) e ajustadas. As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010. 

Ainda, conforme o órgão, a pandemia da Covid-19 deve trazer efeitos populacionais que poderão ser contabilizados a partir do ano que vem. A expectativa do IBGE é de que em 2022, o Censo Demográfico trará não somente uma atualização dos contingentes populacionais, como também subsidiará as futuras projeções populacionais, fundamentais para compreender as implicações da pandemia sobre a população em curto, médio e longo prazo. 

Estimativa populacional da região 

Dos 13 municípios da região analisados pela reportagem do Na Hora, apenas quatro apresentaram redução populacional. Doutor Ricardo, Relvado, Santa Tereza e Vespasiano Corrêa viram reduzir seu número de habitantes. Quem mais perdeu foi o município vizinho de Vespasiano Corrêa, com queda de 1,05%, na comparação como ano passado.

Já Lajeado é a cidade que acumulou mais moradores novos entre 2020 e 2021, com alta de 1,14% e continua sendo a maior cidade do Vale do Taquari, com estimativa populacional de 86.005. O Rio Grande do Sul chegou a 11.466.630 habitantes, um aumento de 0,3% na comparação com o ano passado, quando o Estado tinha 11.422.973 pessoas.  

Foto: Ana Júlia Paini / Reprodução

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.