21 Dec
Praça de pedágio em Encantado deve permanecer no mesmo local, afirma governador do RS

Em encontro com lideranças políticas e empresariais de 10 municípios do Vale do Taquari, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, informou que as atuais praças de pedágio em Cruzeiro do Sul e Encantado deverão permanecer onde estão, mesmo com a concessão dos trechos à iniciativa privada. O assunto ainda não foi encerrado, porém, ao que tudo indica, dificilmente a decisão mude. Com isso, moradores de Encantado que precisam passar pelo trecho diariamente, deverão continuar desembolsando o valor da tarifa. 

Durante audiências públicas, lideranças regionais chegaram a questionar o governo sobre a possibilidade de retirada da praça de Encantado, empurrando-a para o município vizinho, Arroio do Meio. Há mais de 20 anos, o local divide moradores do interior e da área urbana de Encantado. Questionados sobre a possibilidade de implantação do modelo free-flow, com livre passagem sem praças e pagamento conforme os quilômetros rodados, o governo considerou a ideia inviável, pela falta de regulamentação. 

Apesar da frustração quanto a mudança de local, Leite informou que obras nos perímetros urbanos da ERS-130, entre Cruzeiro do Sul e Arroio do Meio serão antecipadas do oitavo para o terceiro ano, incluindo a construção de uma ciclovia com cerca de 10 quilômetros entre Lajeado e Arroio do Meio. A expectativa é pelo lançamento do edital das concessões até fevereiro e efetivação do leilão na metade de 2022, para evitar problemas com o ano eleitoral.

Foto: EGR / Divulgação


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.