21 Dec

O caminho está aberto. É assim que o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo (Progressistas) escreve sobre a possibilidade em concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa nas eleições do ano que vem. Em entrevista a rádio A Hora, de Lajeado, o político falou que apesar do seu nome ganhar força no cenário regional, a decisão em abandonar o posto de gestor da maior cidade do Vale do Taquari, precisa ser pensada e discutida com cautela. 

Segundo Caumo, a região carece há anos de um representante na bancada estadual e é com esse sentimento que as lideranças do Vale precisam sentar e conversar, definir quem tem condições de avançar em uma candidatura e focar para que se obtenha êxito no pleito de outubro do ano que vem. "Temos muita coisa em 2021 e essa pauta é de 2022. Ainda vamos conversar sobre isso”, disse na entrevista. 

Conforme o prefeito de Lajeado, o Vale do Taquari só voltará a ter um representante, tanto na esfera estadual, quanto na federal, quando os partidos políticos e lideranças superarem as individualidades. Caumo faz referência ao excessivo número de candidatos da região que colocaram seus nomes à disposição nas eleições passadas. Nenhum deles conseguiu êxito e a região seguiu sem representação. “Os partidos políticos são importantes, mas o mais importante são as pessoas, o grupo. Praticamos e entendemos que é fundamental para a qualidade do serviço público e para eventuais candidaturas que se pense mais em projetos do que em partidos”, revela. 

Data das eleições de 2022 são definidas

Na segunda-feira, 20, por unanimidade, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, em sessão administrativa, o Calendário Eleitoral das Eleições 2022.

O primeiro turno das eleições está marcado para ocorrer no próximo dia 2 de outubro. Na ocasião, os brasileiros vão eleger presidente da República, governadores, senadores, além de deputados federais, estaduais e distritais. Um eventual segundo turno para presidente e governador, se confirmado, deverá ocorrer no dia 30 de outubro. Conforme prevê a Constituição Federal, as datas correspondem ao primeiro e último domingo do mês.

Os eleitos, por sua vez, serão diplomados até o dia 19 de dezembro de 2022.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.