22 Nov

A escolha dos projetos prioritários da Consulta Popular 2021 já podem ser realizadas a partir desta segunda-feira, 22, por meio do site consultapopular.rs.gov.br ou do aplicativo Colab. De acordo com as regras do processo, apenas a proposta que alcançar maior votação será os beneficiada com recursos de R$ 942,8 mil. A votação segue até 30 de novembro.

De acordo com o Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), três propostas disputam a preferência do eleitorado. A cédula será composta por iniciativas das áreas de Turismo, Agricultura e Meio Ambiente. Estarão disponíveis para votação os projetos “Cicloturismo no Vale do Taquari”, “Fomentar a implantação do programa de uso, manejo e conservação do solo e da água” e “Recursos Hídricos e Uso múltiplos da água (dessedentação animal, preservação e proteção de nascentes)”. 

O projeto do “Cicloturismo” (da área de Turismo), caso seja o mais votado, terá amplitude regional, pois será executado pela Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales).

Já os outros dois, o que visa “Fomentar a implantação do programa de uso, manejo e conservação do solo e da água” (da área da Agricultura) e o que busca “Recursos Hídricos e Uso múltiplos da água (dessedentação animal, preservação e proteção de nascentes)” (da área do Meio Ambiente), caso recebam o maior número de votos, terão uma amplitude menor, visto que cada município será responsável por receber uma parcela do valor para ser aplicada na execução do projeto. Nesse caso, o valor será dividido entre os 10 municípios da região que tiverem o maior número de votantes na iniciativa. 

Conforme o presidente do Codevat, Luciano Moresco, serão beneficiados apenas os municípios que tiverem maior participação no processo. O índice de participação mínima exigida é de 2% do número de eleitores de cada cidade. "Quanto mais pessoas participarem, mais chances os municípios terão de ser contemplados. Temos que ter consciência desse ambiente democrático que a Consulta Popular nos possibilita. Ao participarmos da votação estamos contribuindo para a construção de um desenvolvimento regional integrado”, afirma. 

Como votar

Para participar do processo é necessário possuir título de eleitor. A votação pode ser feita clicando neste link. É necessário preencher um formulário e se cadastrar na plataforma para ter direito ao voto.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.