01 Apr

Golpistas estão se passando por representantes da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) e oferecido diferentes produtos e serviços em troca de depósito de valores, a título de frete ou custo de combustível. Conforme a pasta, tudo não passa de um golpe. O alvo: prefeituras e produtores rurais do Rio Grande do Sul.

De acordo com a Seapdr, nos últimos dias foram registrados golpes nos municípios de Tupanci do Sul e Capão Bonito do Sul. Esta não é a primeira vez que a prática é aplicada no Estado. No ano passado, o crime foi registrado em três cidades.


Em nota, a secretaria informa que não realiza convênios que solicitam depósitos para pessoas físicas. Os programas e políticas públicas são feitos por meio de convênios e termos de cooperação, cujos depósitos de valores, quando necessários, são feitos em contas do Estado no Banrisul.

Para facilitar as denúncias sobre a prática criminosa, a Seapdr orienta que seja registrado um boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima ou por meio do Disque-Denúncia (51) 98444-0606. As dúvidas podem ser esclarecidas junto ao Gabinete da Seapdr, pelo telefone (51) 3228-6203.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.