25 Nov

Conforme o IBGE, a expectativa média de vida de pessoas do sexo masculino é de 73,3 anos e do feminino é maior, alcançando 80,3 anos em 2020

A expectativa de vida do brasileiro subiu dois meses e 26 dias, em comparação com o levantamento anterior. Com isso, a média de longevidade em 2020 chegou a 76,8 anos. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira, 25, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, os dados não levam em conta as informações de mortes provocadas pela pandemia de coronavírus no ano passado. Ou seja, as informações mostram uma realidade inexistente, sem a presença da covid-19.

Sem essas informações , a expectativa média de vida de pessoas do sexo masculino é de 73,3 anos e do feminino é maior, alcançando 80,3 anos em 2020.

O IBGE explicou que uma análise do aumento de óbitos acarretado pela pandemia para o Brasil e cada unidade da federação foi feita na publicação das Estatísticas do Registro Civil, na semana passada. “Após a divulgação dos resultados de cada Censo Demográfico, o IBGE elabora novas tábuas de mortalidade projetadas. As últimas tábuas foram construídas e projetadas a partir dos dados de 2010, ano de realização da última operação censitária no Brasil. Da mesma forma, um novo conjunto de tábuas de mortalidade será elaborado após a publicação dos resultados do Censo 2022, quando o IBGE terá uma estimativa mais precisa da população exposta ao risco de falecer e dos óbitos observados na última década”, informa nota do IBGE.

Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.