04 Feb
Soberanas da Festa da Uva são atacadas nas redes sociais após foto com cesto pintado com o número 13

Uma chuva de ataques às soberanas da Festa da Uva de Caxias do Sul tomou conta das redes sociais durante esta sexta-feira, 4 de fevereiro. Tudo porque as jovens estavam segurando um cesto de vime com o número 13 pintado, representando o número de edições já realizadas da tradicional Abertura da Colheita da Uva, evento que antecede a festa nacional.

Este ano, a festividade ocorreu em São Luiz da 6ª Légua. Participaram do evento o vice-governador do Estado, Ranolfo Vieira Júnior, o secretária estadual de Turismo, Ronaldo Santini e demais autoridades locais.

Após o registro da foto e a publicação nas redes sociais, deu início a polêmica: no cesto, a inscrição do número 13 (em alusão à edição da colheita, 13ª). O que seria digno de anedota pela referência ao Partido dos Trabalhadores (PT) ganhou outra dimensão quando a comitiva decidiu refazer todas as fotos com um cesto diferente.

Mas aí, já era tarde. As imagens viralisaram e a corte da Festa Nacional da Uva passou a ser atacada por pessoas não simpatizando ao Partido dos Trabalhadores, inclusive, pelo vereador Maurício Marcon (Podemos), que contestou a utilização do cesto com a numeração.

Com o constrangimento gerado, as soberanas foram às redes sociais e divulgaram um vídeo explicando sobre o assunto. "Lamentamos que a nossa imagem tenha sido vinculada à política. Estamos muito chateadas e tristes com as mensagens e todas as situações ocorridas", disse a princesa Bruna Mallmann, no vídeo de menos de 30 segundos.

Foto:


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.